Bem-vindo(a) - Bienvenido(a) - Welcome - Willkommen - Benvenuto(a) - Bienvenu(e)

domingo, 9 de maio de 2010

Dos Afectos - Ex Alunos(as)

Há muito tempo que ando para fazer um post sobre esta menina, agora já mulher e mãe de família. Acontece que ontem encontrei-a, tirei-lhe esta fotografia (ela tem um cabelo lindo que aqui não se vê bem... ), mas não tive, contudo, um tempinho para concretizar o que pretendia.
Ela, provavelmente, já veio cuscar, porque sabia para que era a fotografia....Mas nunca é tarde! Não foi ontem, é hoje.
A Gertrudes pertenceu a uma das DT com que eu mais gostei de trabalhar. Consegui uma relação óptima com todos e quando os encontro é uma festa. No entanto, a Gertrudes, a sua irmã Teresa e o João M. que já cá não está, infelizmente, eram como uns patinhos atrás da mãe pata, eu. :)
Eu era muito jovem na altura e estava no início da minha carreira, para aí no 4º ou 5º ano e pequenina como sou, era facilmente confundível com eles. para além das muitas conversa que tinhamos, até caracóis comeram em minha casa, não foi querida? Eu tinha aprendido a gostar de caracóis há pouquíssimo tempo, eheheh, e, hoje gosto a valer.
Pront(us), estive uns anos sem lhe pôr os olhos em cima e aqui há tempos encontrei-a quando andava às compras. Adivinhem quem me atendeu com profissionalismo e carinho? Pois, a minha Gertrudes. Apresentou-me, mais tarde, os filhos e o marido e ainda me contou "A anedota" , que é a resposta dela, por causa dos filhos serem clarinhos e das pessoas ficarem muito admiradas quando os ouvem chamar-lhe "Mãe" (o marido é caucasiano)
Gostei de te reencontrar, ver-te feita uma mulher responsável e profissional. Continuaremos a vermo-nos, quanto mais não seja quando for às compras...e fica certa que continuas a ter um lugarzinho especial nos meus afectos.
Forever friends.
Beijinho no <3
Fotografia de Em@
©

6 comentários:

  1. Que linda! Eu também sou professora, tenho muitos afetos, pequeninos e adolescentes e vivo imaginando-lhes o destino. A nós cabe, além da nossa parte, desejar que se tornem homens e mulheres de bem, não é mesmo?!

    Beijo sempre carinhoso.

    ResponderEliminar
  2. seguramente a maior riqueza da profissão...
    beijinho, em@!

    ResponderEliminar
  3. Kenia, eu li no teu perfil que eras professora. a nossa profissão pode ser fascinante, mas neste momento, tem pouco desse fascínio.
    felizmente eu tive poucos (2 ou 3) problemas com alunos. prometi a mim mesma só falar deles passados uns anos ou pelo menos só quando eles deixassem de ser meus alunos. éo que tem acontecido. adoro encontrá-los, ouvi-los, acompanhá-los... passar do plano de professora, muitas vezes também de Diretora de Turma, ao de amiga só.
    fico contente com os sucesso deles e triste quando as coisas correm mal.
    beijinho carinhos para ti, Kenia, com votos de muito sucesso em tudo.

    ResponderEliminar
  4. não tenho dúvidas nenhumas acerca disso, Jorge. são mesmo eles que salvam, muitas vezes, a "trampa" em que nos meteram.
    beijinho

    ResponderEliminar
  5. obrigada, Magnólia.gostei que tivesse gostado.
    volte sempre que lhe apetecer que será bem-vinda.
    beijo

    ResponderEliminar