Bem-vindo(a) - Bienvenido(a) - Welcome - Willkommen - Benvenuto(a) - Bienvenu(e)

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Estudo LXXXVIII

Fotografia e Arte Digital de Em@
©

15 comentários:

  1. Deslumbrante, Ema querida!
    Não fosse a beleza da imagem, seriam essas palavras lindas! E, felizmente, são as duas coisas de mãos dadas...
    Abraço apertado, amiga!

    ResponderEliminar
  2. Maravilhosa forma de nos apresentares as agruras da vida e, como esta, pode ser cruel.
    A modelação é passageira... logo vem a força telúrica, de quem é persistente, competente e não se deixa modelar e, muito menos vergar.
    Beijinhos e parabéns. Deliciei-me com a imagem e as palavras.
    Caldeira

    ResponderEliminar
  3. Modelaram, pois, essa beleza de verso.

    bj
    Rossana

    ResponderEliminar
  4. Boa noite Ema,

    Muito bom Ema! Seus versos mostram uma mulher de personalidade forte.
    Aqui no meu país, foi eleita uma mulher forte. Não foi minha escolha, mas agora torço por ela.

    bjs

    ResponderEliminar
  5. amanhã respondo a todos. It´s a promiss!
    beijo
    abraço
    abreijo
    é só escoilher

    ResponderEliminar
  6. Obrigada, Zélia. Um abraço bem grande, tão grande que atravesse este oceano que nos separa....recebeu?

    ResponderEliminar
  7. Zé, modlear sempre sempre tampo, não é? é um trabalho lento, de afago, mas também de dar uma forma...isto digo eu porque já modelei muito em barro,
    1º amassar muito bem a argila, com força e até alguams pancadas até estar pronta a ser modelada. depois, os gesto têm que ser quase afagos, porque os bruscos estragam ...e depois é esperar o tempo da secagem até ir ao forno (mufla) cozer.e a temperatura tem que ser exacta para não estragar, partir,ou estalar o que nos levou tanto tempo a modelar.
    beijo , Zé, no coração.

    ResponderEliminar
  8. Pedras, Beijo e obrigada.
    Se tudo correr bem, em Janeiro, talvez vá aí (fim-de-semana só...)

    ResponderEliminar
  9. Adriana,
    sou combativa, sim. não enterro a cabeça e olho, olhos nos olhos, tudo e todos.
    Espero que Dilma não seja uma Margareth Teatcher...sesejo o melhor apra vocês e aqui incluo esse grande País!
    beijo

    ResponderEliminar
  10. Lara,
    gosto que goste.
    um beijo com um :)

    ResponderEliminar
  11. E constantemente nos modelamos, às vezes baseados na esperança de modelos incertos...
    Mas é assim o nosso tactear.

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  12. AC,
    se assim não o fizéssemos era porque seríamos surdos às nossas emoções...o que,seria, para mim,terrível.

    beijo

    ResponderEliminar